Quando O Que fazemos Não Faz Mais Sentido

Quando O Que fazemos Não Faz Mais Sentido

Quando O Que fazemos Não Faz Mais Sentido
Qual é o propósito de nossas vidas? Nós somos influenciados por diversas fontes quando escolhemos, conscientemente ou não, o caminho de nossas vidas. Família, sociedade, cultura, amigos… enfim, o que fazemos é decorrente da combinação de crenças de várias fontes que não somos nós.
Tenho observado várias pessoas que chegam em certo ponto da vida e percebem que tudo aquilo que acreditavam ser o caminho da felicidade não está funcionando. Este inclusive foi o meu próprio caso. Vão para o trabalho sofrendo no caminho, odeiam a segunda-feira, casar e ter filhos não trouxe o êxtase esperado, acham que no futuro as coisas vão melhorar. Algumas pessoas levam a vida desta maneira e continuam até que algum evento traumático as obrigam a mudar. Outras percebem que a vida do jeito que está não faz mais sentido, só que não sabem o que fazer.
Mas como descobrir o que faz sentido? A primeira coisa é se abrir. Se abrir para o novo, para o diferente, para mudanças. Às vezes, o nosso modo de viver está tão enraizado em nós que não conseguimos enxergar nada além dele. Mas, para a surpresa de quem está nesta situação, existe outra maneira de viver a vida. Na verdade, existem infinitas outras maneiras de viver a vida. O nosso medo é que não deixa nos abrirmos e nos permitirmos.
Quando você se abrir, o importante é prestar atenção no coração. O seu cérebro vai toda hora fazer você achar que o único jeito é o jeito “tradicional”. Mas o seu coração conhece o que é melhor para você. Escute o seu coração e atenda aos diversos chamados que você vai passar a perceber. Pode ser um livro, um curso, um emprego, uma pessoa que você conhece do nada, uma pessoa antiga que volta na sua vida… às vezes é simplesmente ir a algum lugar específico em uma hora específica sem nenhum motivo aparente, mas que você sentiu vontade de ir. Siga estes chamados do coração, chamados da alma, que um mundo de oportunidades se abre.

O Que Nos Impede?

As crenças que mais impedem perceber estas novas possibilidades geralmente estão relacionadas a dinheiro ou ao que as pessoas vão pensar.
Com relação ao dinheiro, primeiramente reflita para que você usa o seu dinheiro. Para viver do jeito que não faz sentido? Para criar os seus filhos com as mesmas crenças que te fazem infeliz? Para ter status? Segundo, é sim possível ganhar dinheiro de uma outra maneira que o jeito “tradicional”. Aliás, quando você vive alinhado com o coração, as suas chances de ter dinheiro para realizar o que te faz feliz são muito maiores.
Com relação ao que as outras pessoas vão pensar, reflita que foi justamente por seguir o que as outras pessoas pensam, é que você está em uma situação que não faz sentido.
Existem várias nuances, complexidades, crenças enraizadas que vão jogar contra a sua mudança. Mas se você se abrir para o universo com amor, principalmente por você mesmo, ao invés de medo, tudo vai fluir. Para isto, é muito importante buscar conhecer quem realmente é.

Gratidão!

André Fukunaga

0 Comments

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>